Último sábado letivo de novembro tem atividades sobre valorização da cultura negra

Educação antirracista foi desenvolvida durante todo o mês

O último sábado letivo de novembro foi de representatividade e valorização da cultura negra nas escolas municipais de Cabo Frio. As atividades fecharam o ciclo de aprendizagem antirracista desenvolvido durante todo o mês, juntamente com o projeto II Novembro Negro Sankofa.

Na Creche E. M. Prof.ª Wanda M.ª Nogueira Gonçalves, houve a culminância do projeto “Respeito as Diferenças” que contou com teatro, contação de histórias, produção de fantoches, bonecos e brincadeiras infantis africanas. Na E. M. Prof.ª Patrícia Azevedo de Almeida, os alunos deram um show de encenação sobre a chegada dos africanos ao Brasil.

Já, na E. M. Prof.ª Lerinéa Figueiredo, a beleza negra dos alunos invadiu a passarela e encheu de representatividade um desfile cheio de estilo. Na E. M. Pedro Jotha, foi realizada a mostra de talentos com apresentações que exaltavam a temática. O Projeto Negritude, na E. M. Themira Palmer, teve desfile, documentários, duelo do passinho, capoeira, danças e exposições.

A E.M. Palmira Bessa de Figueiredo realizou a primeira edição do Show de Talentos da unidade com muita música, apresentações, danças e atividades artísticas diversas. Na E.M. Maestro Rui Capdeville, a culminância do projeto “Qual sua obra” reuniu exposição de trabalhos e apresentações dos alunos.

image_pdfimage_print